Câmara barra 2ª denúncia contra Temer

Câmara barra 2ª denúncia contra Temer

O presidente Michel Temer obteve sua 2ª vitória na Câmara, ao conseguir barrar, através de muita negociação a custos de 32 bi para o País, denúncia oferecida pelo ex-procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, de obstrução à justiça e organização criminosa. Na denúncia constava seus ministros, Eliseu Padilha e Moreira Franco.

A peça, baseada nas delações do grupo J&F, controlador da JBS, e do doleiro e operador do PMDB Lúcio Funaro, após voto contrário na CCJ seguiu para votação em plenária, hoje, 25/10, e após tentativa de obstrução pelos opositores conseguiu quorum para que arquivassem as denúncias.

Há informações que Temer gastou cerca de 32 bi para que as denúncias contra ele fossem arquivadas, dinheiro retirado dos programas sociais, saúde e educação, que o governo cortou alegando déficit.

A internação de Temer

Durante a votação Temer foi levado ao hospital militar de Brasília, segundo sua assessoria, para passar por procedimento cirúrgico a fim de desobstruir as artérias coronárias.

Depois a assessoria mudou a versão, informando que seria uma desobstrução urinária, que passava bem e que já estava de alta.

As denúncias contra Michel Temer são gravíssimas, mas o mais grave é o acordo de leniência entre as instituições que se omitem diante do assalto ao País, tratando com descaso a degradação pública dos poderes judiciário, executivo e legislativo.

Fotógrafo flagra aliado de Temer com LISTA DE VALORES DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA negociando no Plenário

Deputados foram flagrados pelas lentes do fotógrafo Lula Marques com planilhas nas mãos, anotando valores enquanto o povo, massa de manobra, assistia a tudo sem direito à manifestação. 

O deputado Carlos Marun comemorou a vitória da impunidade e improvisou uma paródia com uma dancinha, a dancinha da impunidade e do escracho ao povo brasileiro.
Assistam

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=CrB–PLFbx4[/embedyt]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

;